Os Druidas

A religião Druida pratica tolerância de muitas tradições filosóficas e espirituais e ensina que nenhum sistema de pensamento é mais verdadeiro do que o outro. Pelo contrário, depende do indivíduo e do “caminho” que ele escolheu. Dentro do movimento druida há “Bardos” que foram os que mantiveram as tradições orais vivas. Eles tiveram que aprender histórias e passaram por treinamento intensivo por muitos anos. Havia tambèm os Ovates que eram os curadores e os druidas que eram filósofos e professores.

Os principais elementos da crença Druídica são …

Sacrado de toda a vida:

Uma filosofia que lida com o sagrado e divino de toda a vida em qualquer forma ….que toda a vida é igual em valor. Portanto, a humanidade está no mesmo nível de importância que plantas e animais.

O Outro Mundo:

Um lugar de existência além dos nossos sentidos físicos. É um lugar para o qual devemos ir quando morremos, mas pode ser visitado com a ajuda de meditação, estados alterados de consciência, visualizações, cânticos, hipnose e transes xamânicos.

Reencarnação:

Práticas Druídicas Antigas ensinam que na reencarnação a alma vai para “O Outro mundo” e espera entre encarnações, e se pode voltar em forma humana ou animal. A maioria dos druidas modernos também se ateem a isso.

Natureza:

Eles se reconectam com a natureza, com nossos ancestrais e nós mesmos, “trabalhando com plantas, árvores, animais, pedras e histórias ancestrais”.

Cura:

Fazem cura usando meios holísticos para o corpo e o espírito.

Viagem:

a vida é uma jornada de um estágio para outro; nascimento, casamento, filhos, morte, etc.

Potencial:

Desenvolver o potencial para o desenvolvimento de nossas habilidades criativas, psíquicas, intelectuais e intuitivas.

Magia:

Onde as idéias são trazidas à manifestação e a adivinhação é usada para prever o futuro.

Os druidas não praticam sacrifícios humanos, mas celebram oito festivais baseados nas estações do ano. Eles celebram os solstícios de verão e inverno, que são os dias mais longos e mais curtos do ano, respectivamente. Eles celebram os equinócios no outono e na primavera, quando os dias e as noites são igualmente longos. Os outros festivais foram baseados na tradição e relacionados à agricultura, como o envio do gado para o pasto, início da colheita, etc.

O druidismo enfatiza a “natureza espiritual da vida”.

RETORNO AO MENU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.